segunda-feira, 5 de agosto de 2013

2013 - Recomeçam as postagens!

Depois de um bom tempo afastado do blog, retomo hoje minhas postagens.
Recomeço atualizando as últimas notícias:
- Disciplinas do doutorado concluídas;
- Trabalho no SESI correndo bem;
- Tutorias na Unisinos em 3 disciplinas recomeçam neste semestre;
- Artigo da dissertação em etapa de revisão (bloock botstrap em construção);

Espero nos próximos dias postar algum material sobre temas que estou estudando atualmente, avaliação econômica de projetos sociais. Para começar, recomendo o material do site da Fundação itau social .



sábado, 20 de outubro de 2012

Prêmio Corecon-RS _ Considerações sobre as regras

Devido a uma definição nas regras que julguei "pouco justa" me dirigi até o CORECON/RS para reenvidicar.

 Enviei, primeiramente um e-mail com a seguinte dúvida:
 
"Na modalidade dissertãção: como proceder caso a dissertação seja orientada por um profissional de outra área, com doutorado em outra área?
A dúvida surge, pois concluí o mestrado esse ano, em economia aplicada pela UFRGS, e meu orientador é estatístico, doutor em estatística e Pós-Doutor pela London School of Economic."
 
A resposta que obtive foi:
 
Tem que ser dutorado em Economia conforme Art. 4º, paragrafo unico, tem que apresentar uma cópia da titulação de Doutor(a), conforme Regulamento.
 
 
Diante desta resposta foi questionar o regulamento ser tão "fechado" e enviei outro e-mail.

"Entendi no regulamento, sobre o orientador, porém acho injusto um trabalho que trata de economia não ser avaliado só por causa do orientador não ser economista nem doutor em economia (desculpe-me se estiver enganado, mas existem prêmios nobel em economia, que são matemáticos, por exemplo). Gostaria que meu manifesto fosse repassado aos responsáveis e que, se possível, reconsiderado esse item liberando a participação da dissertação no prêmio."

 Não me contive e enviei outro e-mail..


"Não vejo motivo para ser impedido de participar, pois:
 
- Sou formado em economia (e estou em dia com o CORECON-RS);
- O PPGE, credenciado e autorizado pela CAPES (conceito 5), homologou minha dissertação (aprovada por uma banca que a julgou como sendo de um aluno do mestrado em economia) e me forneceu o título de mestre em economia.
- O mesmo professor que me orientou, mesmo não sendo economista nem doutor em economia, é professor do corpo do PPGE-UFRGS, autorizado pelo programa à orientar dissertações de mestrado e teses de doutorado, em economia."
 
 
Recebi um e-mail resposta me convidando a conversar com a Professora, Helena, uma das responsáveis pela organização do prêmio.
 
Fui muito bem atendido pela Professora, que disse que minhas considerações serão levadas em conta para a elaboração da próxima edição do prêmio.


Outro ponto que a professora ficou de considerar para a próxima edição, foi que comentei que na regra, com relação aos artigos, os trabalhos tem que ser publicados em revistas ou congressos. Daí outro requisito pede para nao identificar os trabalhos quando forem entregues no CORECON para participar. Oras, se está publicado, basta o avaliador jogar o título do paper no google que ele encontra os autores (regra que pra mim não faz sentido).

Agradeço a professora Helena e espero que estas duas considerações que fiz sejam debatidas e melhoradas para a próxima edição.
 
 
 

Mini Curso - Introdução aos Métodos Quase-Experimentais em Microeconometria: Teoria e Pratica

O Mini Curso ocorreu na UFRGS, não tive tempo para participar, mas tive o prazer de conhecer Caio Piza (Banco Inter-Americano de Desenvolvimento em Washington) em um seminário que ele apresentou dia 17.

Colarei abaixo o programa do mini - curso para que os interessados possam ter acesso, ao menos, as excelentes referências citadas por Caio.

Em meus 3 anos de UFRGS, é a primeira vez que vejo surgir um mini - curso tão completo e com carga horária compatível, Parabéns ao pessoal da secretaria (só lamento os horários coincidirem com algumas aulas).


""Dia 17/10: Motivação

Teoria: 10h as 12h
-          O Problema Fundamental da Inferência Causal: Holland (1986) e Lalonde (1986)
-          Parâmetros de Interesse em uma Avaliação: Duflo et al. (2007) e Ravallion (2008)
-          Experimentos Aleatórios: Duflo et al. (2007)
-          Overview dos Métodos Quase-Experimentais: Ravallion (2001) e Duflo et al. (2007)

Aplicações no STATA: 14h as 13.50h
-          Rápida introdução aos modelos de váriavies dependentes binárias: Wooldridge (2003)

Dia 18/10: Seleção em Observáveis
Teoria: 10h as 12h
-          OLS e CIA condition
-          Propensity Score Matching: Binary and Continuous Treatment Variable
-          Reweighting Regression
-          PSM vs. OLS: Angrist and Pischke (2009)
-          Efeito Distributivo do Tratamento: Firpo (2007)
Aplicações no STATA: 14h as 16h



Dia 19/10: Seleção em Não-Observáveis:
Teoria: 10h as 12h
-          Diferença-em-Diferenças (Diff-in-Diff): Meyer et al. (1995), Duflo et al. (2007) e Ravallion (2008)
-          Diff-in-Diff Matching Estimator: Blundell and Dias (2002) e Abadie (2005)
-          Variavel Instrumental e Regressao Discontinua: Imbens and Angrist (1994), Angrist et al. (1996) e Hahn et al. (2001)
Aplicações no STATA: 14h as 16h

Referências para dia 17/10:
Duflo, E., R. Glennerster e M. Kremer. (2006), Using Randomization in Development Economics Research: A Toolkit, Poverty Action Lab, mimeo.
Holland, P., (1986), Statistics and Causal Inference, (with discussion), Journal of the American Statistical Association, vol. 81, pp. 945-970.
Lalonde, R. (1986), Evaluating the Econometric Evaluations of Training Programs, American Economic Review, vol.76, pp. 604-620.
Ravallion, M. (2005), Evaluation Anti-Poverty Programs, in Handbook of Development Economics, Vol.4, edited by Evenson, R.E. and Schultz, T. P. Amsterdam, North-Holland. 
Ravallion, M., (2001), The Mystery of Vanishing Benefits: An Introduction to Impact Evaluation, World Bank Economic Review, 15(1), 115-140.

Referências para dia 18/10:
Angrist, J.& Pischke, J-S. Mostly Harmless Econometrics. Princeton University Press, 2009.
Becker, S. and M. Caliendo, (2007), Sensitivity analysis for average treatment effects, Stata Journal, Volume 7, No. 1, pp. 71-83.
Buschinsky, M. (1998), Recent Advances in Quantile Regression Model: A Practical Guideline For Empirical Research, Journal of Human Resources, vol. 33, No.1, pp. 88-126.
Dehejia, R., and S. Wahba, (1999), Causal Effects in Non-experimental Studies: Re-evaluating the Evaluation of Training Programs, Journal of the American Statistical Association, 94(448), pp.1053-1062.
Firpo, S. (2007), Efficient Semipametric Estimation of Quantile Treatment Effects, Econometrica, vol. 75, No. 1, pp. 259-276.
Fortin, N. M., and Lemieux, T. and Firpo, S. (2009), Unconditional Quantile Regression, Econometrica, vol. 77, No. 3, pp. 953-973.
Heckman, J., H. Ichimura, and P. Todd, (1997), Matching as an Econometric Evaluation Estimator: Evidence from Evaluating a Job Training Program, Review of Economic Studies, 64(4), pp. 605-654.
Heckman, J., H. Ichimura, and P. Todd, (1998) Matching as an Econometric Evaluation Estimator. The Review of Economic Studies, 65(2), pp. 261-294.
Hirano, K. and Imbens, G.W. (2001), Estimation of causal effects using propensity score weighting: an application to data on right heart catheterization. Health Services and Outcomes Research Methodology, Vol. 2, No.3-4, pp. 259-278.
Nichols, A. (2007), Causal Inference with Observational Data, Stata Journal, vol. 7, No.4, pp. 507-541.
Nichols, A. (2008), Erratum and discussion of propensity score reweighting, mimeo.

Rosenbaum, P. R. and Rubin, D. B. (1983), The Central Role of the Propensity Score in Observational Studies for Causal Effects, Biometrika, vol.70, n.1, p. 41-55.

Rubin, D. B., (1977), Assignment to a Treatment Group on the Basis of a Covariate, Journal of Educational Statistics, vol. 2, pp. 1-26.

Smith, J. and P. Todd, (2005), Does matching overcome LaLonde's critique of nonexperimental estimators?, Journal of Econometrics, vol. 125(1-2), pp. 305-353.

Referências para dia 19/10:
Abadie, A. (2005), Semiparametric Difference-in-Differences Estimators, Review of Economic Studies, vol. 72, pp.1-19.
Attanasio, O., Fitzsimons, E., Gomez, A., Gutierrez, M. I., Meguir, C., Mesnard, A. (2010), Children's Schooling and Work in the Presence of a Conditional Cash Transfer Programme in Rural Colombia. Economic Development and Cultural Change, vol. 58, No.2, pp. 181-210. 
Angrist J. D. and A. Krueger (1991), Does Compulsory School Attendance Affect Schooling and Earnings?, Quarterly Journal of Economics, vol. 106, pp. 979-1014.
Angrist, J., G. W. Imbens and D. Rubin, (1996), Identification of Causal Effects Using Instrumental Variables, Journal of the American Statistical Association,  vol. 91, No.434, pp. 444-472.
Bertrand, M., Duflo, E. and Mullainathan, S. (2004), How Much Should We Trust Differences-in-Differences Estimates?, The Quarterly Journal of Economics, vol. 119, No.1, pp. 249-275.
Blundell, R. and Dias, M. C. (2002). Alternative Approaches to Evaluation in Empirical Microeconomics, IFS working paper CWP10/02.
Card, D. (1990), The Impact of the Mariel Boatlift on the Miami Labor Market, Industrial and Labor Relations Review, vol. 44, 245-257.
Card, D. and A. B. Krueger (1994), Minimum Wages and Employment: A Case Study of the Fast-Food Industry in New Jersey and Pennsylvania, American Economic Review, vol. 84, 772-793.
Hahn, J. P. Todd and H. Van Der Klaauw (2001),  Identification and Estimation of Treatment Effects with a Regression-Discontinuity Design. Econometrica, vol. 69, pp. 201-209.
Imbens, G. W. & J. D. Angrist. (1994), Identification and estimation of local average treatment effects. Econometrica, vol. 62, pp. 467-475.
Imbens,G. W. e T. Lemieux (2008), Regression Discontinuity Designs: A Guide to Practice. Journal of Econometrics, vol. 142, issue 2: 615-635.
Meyer, Bruce D. (1995), Natural and Quasi-Experiments in Economics, Journal of Business & Economic Statistics, vol.13, No.2, pp. 151-61.

Base de dados:
O site da UCLA (http://www.ats.ucla.edu/stat/stata/) contém ótimo material que pode ser usado como introdução a vários commandos do STATA"



Mestrado em economia aplicada UFPEL - Uma opção além da ANPEC


Estarão abertas no período de 15 de outubro de 2012 a 30 de novembro de 2012 (das 15:00 às 20:00 horas) na Secretaria do Programa, localizado na Universidade Federal de Pelotas, Campus Porto, Rua Gomes Carneiro nº 1 - 4º andar - Pelotas/RS.

Conheco uma parte do corpo docente e alguns egressos de lá e recomendo, parece ser um bom curso.


Segundo o edital
"II- DA SELEÇÃO
O Exame de Seleção ao Programa será realizado em uma fase, por uma Comissão de Avaliação, e contemplará:
A realização de uma prova escrita devendo o candidato obter nota mínima normalizada em torno da média maior que ou igual a 6,0 para ser aprovado. A prova escrita terá duração de até 3 horas. Não será permitida a consulta a qualquer tipo de fonte, nem o uso de quaisquer dispositivos eletrônicos.
III - DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
A Comissão de Avaliação levará em consideração:
1) Na PONTUAÇÃO:
Os candidatos passarão por uma avaliação escrita baseada em 50 questões de múltipla escolha (peso 10,0), sendo que candidatos que zerarem em qualquer uma das cinco disciplinas que compõem esta etapa do processo seletivo estarão automaticamente eliminados."

As provas são de: Estatística, Micro, Macro, Matemática e Economia das organizações.

Edital - Doutorado em Economia - UFRGS

Aberto o processo seletivo para ingresso no curso de Doutorado em Economia, com início previsto para o primeiro semestre letivo de 2013. As inscrições estarão abertas de 01 a 31/10/2012;

Conforme edital, " I - Serão oferecidas até 20 (vinte) vagas nas áreas de concentração em Economia Aplicada e Economia do Desenvolvimento"

domingo, 14 de outubro de 2012

Prêmio Corecon/RS 2012 (inscrições abertas)

Estão abertas as inscrições para o prêmio Corecon/RS, para artigos publicados em revistas ou apresentados em congressos em 2011 e primeiro semestre de 2012, monografias e dissertações, para o mesmo período. O prazo encerra dia 19 de outubro.
As regras estão no site, contudo, elas não explicitam alguns pontos importantes, como no meu caso, quando o orientador não é economista nem doutor em economia.
(Vou ligar pra lá segunda e me informar sobre isso).

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Atualizações e novidades

Não consegui me controlar e publicar apenas o post anterior....


As novidades são:

- Estou cursando a última disciplina do doutorado (quase no fim desta primeira etapa);

- Pela primeira vez participo de um projeto de pesquisa, junto a um professor da UFRGS (Fabricio Tourrucôo). O projeto é uma extensão do que o professor já havia trabalhado no ano anterior, sobre a avaliação da Eficiência das Instituições de Ensino Superior, utilizando DEA como técnica. Acredito que até o meio do ano que vem saia alguma publicação deste projeto. Fora isso, a experiência de trabalhar com alunos da graduação está sendo importante para mim, no sentido de aprender a lidar e "orientar", dentro das minhas limitações, eles em suas demandas nesta pesquisa.

- Estou trabalhando em dois artigos, em parceria com o prof. Paulo Jacinto, que tenho como meta submeter até fevereiro. Um sobre discriminação racial, utilizando microeconometria, e o outro é a estimação não-paramétrica da curva de kuznets para as 5 regiões (uma abertura por regiões do que foi estimado em um trabalho anterior meu ,dele e do Prof Erik).

- Estou cursando o curso de avaliação econômica de projetos sociais, da Fundação Itaú Social, para gestores aqui em Porto Alegre. O Curso é muito bom e está me dando várias boas idéias que talvez utilize na tese. 



Retornando ao BLOG ;)

Boa noite pessoal,

Peço desculpas aos amigos por ter passado tanto tempo sem publicar, mas prometi a mim mesmo que só retornaria depois de concluidas algumas etapas de minha vida, em especial, após entregar a versão impressa de minha dissertação.

Como alguns já sabem, o parecer final (dos três de minha defesa) foi dado  dia 8 agosto, mas no sentido de reavaliar alguns resultados e refazer alguns testes, acabei por entregar a versão impressa só no começo do mês (tendo em vista que algumas estimaçoes demoravam até 9 dias no PC). Pois bem, "ENFIM MESTRE".

Publiquei em meu facebook um post com alguns agradecimentos que gostaria de reproduzir aqui...

"A "Jornada" começou em 2009, na UFPB, com uma viagem a um lugar lindo, onde encontrei pessoas muito importantes na minha vida, mas que, infelizmente, não consegui me adaptar ao local. Nesse lugar nasceu minha irmandade nordestina ( Semíramis Lima), meu gosto por pesquisa e o "acreditar" que é possível produzir algo (Erik Alencar de Figueiredo) e onde tive alguns dos maiores exemplos de didática da minha vida ( Hilton Martins e prof Gasparine).......depois de desistir (sim essa é a palavra q fugia e tinha "vergonha" de mencionar, mas hoje percebo que desistir não é feio, o que deve-se envergonhar é de viver algo que não lhe faz bem)...voltei pra Rio Grande......minha mãe doente, eu desempregado e desacreditado.......refiz ANPEC, passei na UFRGS sem bolsa e em 2010, com 50 reais no bolso e sem ter direito onde ficar vim pra POA.....por sorte tenho duas tias paternas extraordinárias (Tia Graça e Tia lena), me abrigaram, pagaram minhas passagens de ônibos (sim, no primeiro mês não tinha grana nem pra isso) e me deram todo apoio familiar necessário aqui em POA. Com o tempo recebi uma bolsa, dei aulas particulares, virei tutor EAD...etc...as coisas se acertaram, graças a deus. Nesse meio tempo, de 2010 pra cá, construí e reforcei amizadas e relações importantes na minha vida:  Rossana Marina Duro Sparvoli, Mariana Tavares, Maurício Terra me dando apoio SEMPRE; meus colegas Oscar, Bruna , Julio Vega e Helton Saulo (cursando e participando comigo da maioria das disciplinas e ouvindo minhas comemorações e lamentações)...os funcionários do PPGE, com seu excelente trabalho com um toque pessoal acolhedor (Iara, Lurdes, Raquel, etc). Prof Marcelo Portugal, com dicas boas e excelentes ensinamentoss...prof Giacomo Balbinotto com seu incentivo e nossas diversas conversas em sua sala (ele foi a primeira pessoa a me dar um livro de economia)..meu orientador Flavio e meu co-orientador Hudson com ensinamentos valiosos (agradeço a paciencia cmg).... meus colegas de casa Gabrielito, Rodrigo, Zé flavio demonstando sua enorme paciência por aturarem minha bagunca e desorganização...Por certo acabei não mencionando alguém ou algum fato importante por não lembrar no momento.....gostaria de agradecer especialmente minha avó Nadir, por sempre rezar por mim e me ajudar financeiramente (foi ela que pagou minha inscrição pra ANPEC) e a minha mãe, e dizer que sou o que sou por culpa dela e que vivo o que vivo tbm por ela".

Nos próximos dias me comprometo a postar algo de conteúdo mais acadêmico, mas por hoje, julgo de bom tamanho retomar apenas agradecendo e explicando um pouco do que houve.

Muito Obrigado.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Economic Growth (Notas de aula do Prof. Daron Acemoglu)

LinkDica do professor Giacomo, via Facebook.
O link é do MIT , das aulas da disciplina de Economic Growth, ministrada pelo Prof. Daron Acemoglu.